Hoax Senha invertida Caixa Eletrônico Aciona a Polícia


Falso texto vem sendo compartilhado intensamente nas redes sociais, porém primeiros indícios de sua existência são de 2007. A atual imagem que vem sendo utilizada apenas acrescentou uma suposta autora.


Hoax na íntegra:

ORIENTAÇÃO DE UMA JUIZA FEDERAL - IMPORTANTE!!!!!
POLICIA FEDERAL

Para o Conhecimento

SE VOCÊ TIVER INFORTÚNIO DE SER VÍTIMA DE UM SEQÜESTRO-RELÂMPAGO, E TIVER QUE SACAR DINHEIRO NUM CAIXA ELETRÔNICO, MANTENHA A CALMA E *TECLE SUA SENHA DE MANEIRA INVERSA!* POR EXEMPLO, SE SUA SENHA FOR 1234, VC TECLA 4321. O CAIXA ELETRÔNICO VAI TE DAR O DINHEIRO, MAS VAI AVISAR A POLICIA, POIS DIGITAR UMA SENHA NVERTIDA ACIONA O MECANISMO DE EMERGÊNCIA!

POR FAVOR, PASSE A TODOS, ISSO E MUITO IMPORTANTE E A MAIORIA DAS PESSOAS AINDA NÃO SABE DISSO.

Liliane P. Bastos CRP: 10529 Brasília - DF Juíza Federal de Mediação Arbitral - ANAJUS - BRASIL Registro Nacional: A0097


Principais características

  • Tom alarmista, como grande parte dos boatos tenta impactar o leitor e com base nisso induzir a uma mudança de comportamento. No caso tenta demonstrar que existe uma maneira de em caso de um sequestro relâmpago sacar o dinheiro e avisar a policia ao mesmo tempo;
  • Uso de argumento de autoridade, ou seja, para tentar dar credibilidade a farsa, coloca o nome de um profissional, neste caso de uma suposta juiza federal, mesmo que o texto não seja de sua autoria;
  • Tentativa de utilização de algumas palavras mais complicadas como infortúnio porém o texto é dotado de vários erros gramaticais e ortográficos;
  • Possui imagem ilustrativa, feita com o objetivo de chamar a atenção do leitor e facilitar o compartilhamento;
  • No fim do texto pede que ele seja compartilhado, característica comum de casos de Hoax.

Considerações

  •  Trata-se de um caso típico de Hoax,  o texto é totalmente fantasioso.
  • A Febraban(Federação Brasileira de Bancos) emitiu uma nota oficial onde afirma que as informações contidas no falso texto estão incorretas e passa algumas recomendações de segurança:
Segurança - Senha invertida não aciona a polícia
A Federação Brasileira de Bancos – FEBRABAN esclarece que é improcedente e falsa a lenda urbana divulgada por um spam que circula na internet, segundo qual a digitação invertida da senha do cliente no terminal de auto-atendimento envia mensagem à polícia. Tal expediente, divulgado por meio de spam, é tecnicamente improvável.Para utilizar com maior segurança os meios eletrônicos de pagamento, a FEBRABAN recomenda os seguintes cuidados:
1. Nunca empreste seu cartão para ninguém nem permita que estranhos o examinem sob qualquer pretexto. Pode haver troca do cartão, sem que você perceba;
2. Não deixe seu cartão sem assinatura;
3. Muita atenção na hora de digitar sua senha nos pagamentos com cartão de crédito e débito. Confira se o campo no qual você está digitando sua senha é, mesmo, o destinado à senha. Ao efetuar pagamentos com seu cartão, não deixe que ele fique longe do seu controle e tome cuidado para que ninguém observe a digitação da sua senha. Se estiver efetuando o pagamento com cartão de crédito em locais com máquinas manuais e alegarem que o comprovante não ficou bem decalcado, exija que a mesma e a cópia carbono sejam rasgadas e inutilizadas. Ao receber de volta o cartão verifique se é efetivamente o seu;
4. Se não conseguir memorizar a senha e precisar anotá-la, guarde a anotação em lugar diferente do cartão, reduzindo seus riscos em caso de roubo ou perda;
5. Caso seu cartão seja roubado, perdido ou extraviado, comunique o fato imediatamente à Central de Atendimento do banco emissor, pedindo o cancelamento. Em caso de assalto, também registre a ocorrência na delegacia mais próxima;
6. Em caso de retenção do cartão no caixa automático, aperte as teclas “ANULA” ou “CANCELA” e comunique-se imediatamente com o banco. Tente utilizar o telefone da cabine para comunicar o fato. Se ele não estiver funcionando, pode tratar-se de tentativa de golpe. Nesses casos nunca aceite ajuda de desconhecidos, mesmo que digam trabalhar no banco, nem aceite usar celular emprestado, nem digite senha alguma na máquina ou qualquer aparelho mesmo que seja celular;
7. Tome especial cuidado com esbarrões ou encontros acidentais, que possam levá-lo a perder de vista, temporariamente, o seu cartão magnético. Se isso ocorrer, verifique se o cartão que está em seu poder é realmente o seu. Em caso negativo, comunique o fato imediatamente ao banco;
8. Solicite sempre a via do comprovante da operação e, antes de assiná-lo, confira o valor declarado da compra;
9. Ao sair, leve cartões e talões de cheques de forma segura, sem deixá-los a mostra. Assim, você evita riscos desnecessários;
10. Em viagem não deixe bolsa ou carteira em locais de trânsito de pessoas;
11. Se for efetuar compras com seu cartão pela Internet, procure, antes, saber se o site é confiável e se tem sistema de segurança para garantia das transações
12. Evite expor seu cartão a campo magnético (rádio, alarme de veículo, vídeo, celular, etc.) ou ao calor. Ambos podem prejudicar os registros da tarja magnética do cartão, impedindo sua leitura pelas máquinas;
13. Atenção com e-mails de origem desconhecida, que aguçam a sua curiosidade ou que contenham mensagens como “Você está sendo traído”; “Seu nome está na lista de devedores do Serasa (ou do SPC)”; “Confira: fotos picantes”. Esses e-mails costumam ser a porta de entrada para programas espiões que roubam as senhas do usuário e dão origem às fraudes. Na dúvida, delete o e-mail antes mesmo de abri-lo;
14. Mantenha seu sistema operacional e programas antivírus atualizados e utilize um firewall;
15. Evitar acessar sua conta por meio de sites de bancos (Internet-banking) se estiver utilizando computadores instalados em locais de grande circulação de pessoas, como cyber cafés, lan-houses e outros computadores, mesmo que pessoais, de seu local de trabalho ou estudo que são compartilhados com outras pessoas;
16. Troque periodicamente a senha utilizada para acessar seu banco na Internet;
17. Mantenha em local seguro e fora da vista de terceiros os dispositivos de segurança de seu banco, como cartões de senhas e tokens;
18. Se estiver em dúvida em relação à segurança de algum procedimento no Internet-banking, entre em contato com o banco. Prevenção é a melhor forma de segurança;
19. Acompanhe os lançamentos em sua conta corrente. Caso constate qualquer crédito ou débito irregular, entre imediatamente em contato com o banco;
20. Os bancos nunca ligam para o cliente para solicitar senhas, nem pedem que digite todos os dados usados para autenticação de uma só vez. Em caso de desconfiança ou de estranhar o formato da tela ou algum pedido por telefone, o usuário deve entrar em contato, imediatamente, com o banco e expor claramente a sua suspeita.

  •  A polícia federal emitiu uma nota oficial onde desmascara o boato e ainda aproveita para passar algumas instruções relacionadas a utilização de caixas eletrônicos:
Senha invertida no caixa eletrônico não chama a polícia
A Polícia Federal esclarece que digitar a senha de trás pra frente não aciona a polícia. Circula na internet um e-mail com informações falsas sobre como se proteger em caso de sequestros-relâmpago. Se você tiver recebido o e-mail, apague-o. A Federação Brasileira de Bancos - FEBRABAN recomenda os seguintes cuidados:
1 - Ao digitar sua senha, mantenha o corpo próximo à máquina, para evitar que outros possam vê-la ou descobri-la pelo movimento dos dedos no teclado. As pessoas atrás de você devem respeitar as faixas de segurança;
2 - Prefira utilizar os caixas automáticos instalados em locais de grande movimentação e, se possível, em ambientes internos (shoppings, lojas de conveniência, postos de gasolina etc.);
3 - Sempre que possível, faça seus saques no horário comercial, quando o movimento de pessoas é maior, evitando o período noturno. Quando precisar realmente sacar dinheiro à noite, leve um ou mais acompanhantes adultos para que fiquem fora da cabine, como se estivessem na fila;
4 - Nunca aceite ou solicite ajuda de estranhos, mesmo que não lhe pareçam suspeitos;
5 - Esteja atento à presença de pessoas suspeitas ou curiosas no interior da cabine ou nas proximidades. Na dúvida, não faça a operação;
6 - Caso não consiga concluir uma operação, aperte a tecla ANULA ou CANCELA;
7 - Em caso de retenção do cartão no caixa automático, aperte a tecla ANULA ou CANCELA e comunique-se imediatamente com o banco. Tente utilizar o telefone da cabine para comunicar o fato. Se ele não estiver funcionando, pode tratar-se de tentativa de golpe. Nesses casos, nunca aceite ajuda de desconhecidos, mesmo que digam trabalhar no banco, nem digite senha alguma na máquina;
8 - Não se preste a receber créditos de pessoas desconhecidas em sua conta. Propostas desse tipo são feitas por golpistas, nas proximidades de caixas automáticas e de agências;
9 - Desconfie de vantagens financeiras ou dramas familiares que lhe sejam apresentados por desconhecidos na fila do caixa automático, especialmente propostas de utilização de sua conta para transferência de valores;
10 - Evite sacar grandes valores em dinheiro. Nas transações de valores altos, dê preferência aos meios eletrônicos de pagamentos, como cartões, DOCs e TEDs.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.